29 de dez de 2009

Oh, I'm trying to get to you ;

Quem sabe a gente não tenha precisado errar... É errando que se aprende, certo? E talvez você não acredite mais. Talvez, eu tenha que começar tudo de novo para recuperar você pra mim. Mas se você soubesse em tudo que eu tenho pensado... há. Se você soubesse a vontade que eu tenho de te dizer olhando em seus olhos que eu realmente te amo e só quero o seu bem. Se pra você ficar bem eu tivesse que me afastar, ok... Mas contanto que você ficasse feliz, que nada te machucasse. A minha dor seria outro assunto, já me acostumei com isso. Tenho que me lembrar de segurar o impulso, eu prometi fazer certo dessa vez. Eu preciso te encontrar, eu preciso te ver. Aliás, eu precisava que você estivesse aqui comigo, pra ver o tanto que a chuva é linda molhando a praia. Eu realmente necessito de um abraço seu. Um abraço que só você pode me dar. Seria demais pedir isso? Seria demais pedir que você não deixasse de me amar?

Ao som de Always Attract - YouMeAtSix ;
Lyah.

27 de dez de 2009

Holiday ;

Para começar isso, eu preciso dizer como o céu está agora. Eu estou sentada no banquinho da sacada e daqui dá pra ver o mar. São exatamente 18:45h e o sol está tocando as águas bem devagar num por do sol lindo. Sério, nem dá pra acreditar. A brisa que é possível sentir daqui parece ser carregada de otimismo. Apesar de não gostar muito de mar, água e areia rs, é impossível não me sentir bem com todo esse ar diferente. Agora, uma coisa que é agoniante é a saudade. A vontade de estar perto a qualquer custo... Qualquer coisa que aconteça faz com que eu pense como seria se estivesse contigo. Mas tudo bem, nos veremos no ano que vem.

Ao som de Starstrukk - 3OH!3 feat. Katy Perry ;
Lyah.

19 de dez de 2009

E eu sofria ;

Hoje pode ter sido o último dia que nos veríamos. Acho que estou entorpecida contra a dor agora... Minha mente consegue vagar para outros assuntos que não seja você. Obrigada por ter me ignorado quando tentei conversar contigo. Sinceros agradecimentos. Só me fez ficar mais fria e otimista com essa situação. Percebo que vou te esquecer logo e não haverá mais motivos para voltar atrás. Já tomei essa decisão, eu já disse o que estava intalado na garganta. Espero não te encontrar mais. Sinceramente, não quero nem ouvir seu nome. Você conseguiu deixar minha vida de cabeça para baixo, agora tenho que me recuperar sozinha.

Ao som de A Cada Dia - Fake Numer ;
Lyah.

17 de dez de 2009

Darkside ;

Mais uma tarde como todas as outras... Sozinha, tentando incansávelmente me distrair com alguma bobeira da internet (e falhando), jurando que posso mais uma vez fugir de alguém que me persegue. O mais interessante, é que mesmo conversando com algumas pessoas, eu me sinto estranhamente vazia. Não é algo fácil de se explicar... Não é como dizem, que não se sente mais o coração, ou qualquer outro órgão vital. Eu só não consigo fazer com que brote algum sorriso na minha cara, não consigo pensar em coisas felizes... E sinceramente, não quero que nada feliz aconteça hoje. Por mim, o mundo pode explodir lá fora, e contanto que não encoste em mim, eu não ligo. Gostaria que chovesse hoje. Queria poder andar de esquina em esquina embaixo da chuva, voltando no tempo e mesmo assim não conseguindo dar a verdadeira importancia pra essa história. E claro, não me arrepender de ter me afastado daquela desgraça. Seria demais pedir pra que todos me deixassem em paz hoje? Não quero conversar sobre o que aconteceu, não quero explicar o que eu estou sentindo agora, não quero nem comentar sobre o meu pessimismo repentino. Só quero continuar aqui sentada, esperando a dor de cabeça voltar, tomando meu copo de leite torcendo pra que algumas pessoas explodam longe de mim.

Ao som de Another Day - Paramore ;
Lyah.

Nightmares ;

Hoje de manhã senti algo diferente. Algo igual a uma bomba recentemente implantada na minha mente que a qualquer movimento brusco explodiria. E dentro de mim crescia uma vontade louca e descontrolada de gritar, cada vez mais alto, até que chegasse aos seus ouvidos. Senti uma necessidade incrível de continuar ali deitada e nunca mais levantar. Apodrecer com meus pesadelos, suspirar com alguns sonhos... Que recentemente tem fugido da minha imaginação negra. Acho que está na hora de fazer alguma coisa diferente. Está na hora de tomar uma atitude positiva, mesmo que tudo vá contra. Está na hora de te esquecer.

Ao som de I Don't Believe You - Pink ;
Lyah.

16 de dez de 2009

Talvez, tenha sido um sonho e nada mais ;

Tudo escureceu de repente. A única coisa que eu tenho agora é a companhia do meu violão e meu grande amigo papel. Escrevendo canções que você nunca poderá escutar das quais dizem que eu gostaria ser capaz de não me apaixonar. Acho tão ridiculo tudo que você faz para que eu não me afaste... A sua incerteza é tão desgastante. Conversar com você é totalmente frustrante. O mais frustrante é dizer o quanto eu gosto de ti. Não quero falar de amor, quando só o que eu consigo sentir é a dor... Tudo bem se a dor faz parte do amor e... Não, chega disso. Já sou confusa o bastante. Não quero ouvir as mesmas músicas que eu ouvia ao me lembrar do seu cheiro... Sinto saudade do seu toque. Sinto falta do modo como você costuma sorrir ao me ver ou como seus olhos sorriem ao ver minha aproximação. O jeito que você me abraça é covardia. Tem mesmo que ser tão aconchegante? O seu toque tem mesmo que deixar um rastro quente na minha pele? Será minha única escapatória fugir? Se bem que, por mais que eu tente, não consigo me "aproximar" de ninguém... Seu rosto sempre invade minha mente... Então, não adiantaria fugir. Até que eu tome vergonha na cara, minha sentença é sofrer por algo não correspondido.

Ao som de Talvez - LS Jack ;
Lyah.

I can believe you were the one, to build me up and tear me down ;

Eu queria tanto poder ser capaz de dizer que eu te esqueci. Queria ser forte o bastante pra dizer que não penso em você toda vez antes de fechar os olhos... O que você fez comigo? Magoei uma das pessoas mais importantes pra mim, porque você sempre volta nas horas erradas. Pra que me mandou aquela mensagem justo naquela hora? E ainda, depois de tudo que eu te falei, tem coragem de me tratar indiferentemente. Se soubesse a transformação que está causando em mim... Se ao menos me conhecesse direito... Me diz, por que disse que ela poderia ser trocada por mim? Aliás, admita pra mim que tudo que eu te digo, ou que escrevo sobre você, não causou qualquer impacto. Por favor. Eu preciso de algum motivo, alguma razão, para juntar coragem e me afastar novamente... Sem volta. Não é razão suficiente me afastar só pelo fato de que está me ignorando. Todos tem dias ruins, e eu não sei adivinhar os seus.

Ao som de Over You - Chris Daughtry ;
Lyah.

Jogos ;

Sei que cometi um erro, de certa forma imperdoável. Eu disse que não seria capaz de brincar com seus sentimentos... Mas seria bobagem dizer que por um momento, isso não passou pela minha cabeça. Que seja. De qualquer modo, o que eu disse não deixa de ser verdade. Infelizmente eu não te amo como deveria, como você parece me amar. E, como ninguém, você sabe que não acredito no amor. Aliás, pra que o amor serve? "Pra trazer felicidade e dor ao mesmo tempo". É o que eu te imagino falando. Sério. Não, eu não acredito. Não me importo qual seja a minha idade, não me importo de não ter vivido tempo o bastante pra sentir o amor, ou qualquer que seja o motivo dessa vez. Você está certa quando disse que eu brinquei contigo. Não foram minhas intenções. Eu te usei. Essa é a verdade. Usei achando que eu poderia esquecer alguém, que tão recentemente voltou a me infernizar. A minha impossível paixão. E eu te usei assim como estou sendo usada. Um erro imperdoável, é capaz de ser esquecido?

Ao som de Linger - The Cranberries ;
Lyah.

15 de nov de 2009

Friday 13th ;

Eu tento não pensar em você... Tento não lembrar de como é o seu cheiro, sua voz, o gosto da sua boca. E parece que tanto sacrifício é em vão! Eu não sei mais o que sinto... Mas é como se a ficha ainda não tivesse caído, apesar de ter chorado como chorei naquela maldita Sexta Feira 13. Tem noção de como é ficar com alguém e lembrar do seu inferno pessoal? Em cada toque. Foi extremamente agonizante... Só rezava para aquilo acabar logo. Bolei mil planos para sair dali disfarçadamente, mas sabia que iria magoar alguém que não merece, não tem nada a ver com a minha dor. Finalmente acabou. E infelizmente, mergulhei em pensamentos turbulentos sobre o que acabara de passar. "Por que isso tá acontecendo?" Era só o que eu conseguia pensar no momento. Dormi com a mente pesada, e mesmo em meus sonhos, expressava minha dor e o desespero de perder alguém. Acho que a solidão está me invadindo demais agora.

Ao som de Remembering Sunday - All Time Low ;
Lyah.

13 de nov de 2009

Sozinha ;

Eu consigo ver teu sorriso... Tal aquele que me fascinou por tanto tempo... Agora através de uma neblina escura e pesada. Minha respiração está cada vez mais lenta. Já não sei aonde meu coração foi parar. Hm. Talvez eu o encontre em qualquer esquina. Sim naquelas mesmas que me lembram seu olhar. Afogo-me mais e mais na minha solidão. E só eu consigo me tirar de lá... Com minhas distrações fúteis. Eu devia ter pensado mesmo que você era especial? Eu devia ter me iludido tanto assim? Que saco. Por que parece que só eu sofro por aqui? Não tenho com quem conversar, e quando eu procuro por um abraço não tem ninguém disposto a me dar. Sim, egoísmo. Acho que eu tenho direito, ou pelo menos um décimo de direito, de poder ser egoísta agora, já que nos últimos meses eu só tenho pensado em você ou naquela maldita noite. Não quero me apaixonar de novo. Love Sucks.

28 de out de 2009

A única coisa que você vê, é você ;

No que você quer acreditar ? Quer que eu te diga que nunca mais quero te ver ? Tudo bem. Eu direi. Não será com sinceridade. Aliás, tudo que eu tenho feito essa semana, foi meio que falsamente. Eu estou me sentindo, finalmente, "desligada" há alguns dias. Eu consegui o que eu queria... Voltei para o meu mundo, lugar onde a segurança é mais iminente. O mais incrível é que parece até que a natureza está cooperando comigo. Minhas tardes tem sido chuvosas, sozinhas, rodeada de porcarias, conversas sem sentido com pessoas sem sentido. E eu me sinto perfeita exatamente assim. Tenho feito mais coisas pela minha própria vontade... Tenho me aproximado mais de mim novamente. E acho que isso é bom. Por enquanto pelo menos. Até alguma outra coisa estourar e eu voltar ao meu antigo estado deplorável. O mais impressionante, é que falo nisso como uma coisa esperada. Acho que meu psicológico está seriamente afetado. Recentemente tenho esperado por mais catástrofes, já que a minha maior perdição já foi esquecida. Talvez eu tenha me acostumado. Ou até gostado. Apesar de que não saí do meu estado "sem vida", ou como me chamaram ontem, "zumbi". Eu ri muito quando me falaram isso, porque é exatamente como tenho me sentido. Minhas olheiras, minha pele cada vez mais pálida, minha aparencia doente, os cérebros são na verdade as besteiras que como... Mas não me importo. Não tenho me importado com mais nada. Estou muito mais seletiva. Consigo contar nos dedos as pessoas que realmente gosto, que realmente são essenciais pra mim. Consigo mostrar parte da minha necessidade até, por carência na maioria das vezes. Mas, carência ou não, é uma coisa verdadeira. Não sou de demonstrar sentimentos ou qualquer coisa parecida e todos sabem disso.

Ao som de Remembering Sunday - All Time Low ;
Lyah.

14 de out de 2009

A porta está aberta, agonia ;

Em um único feriado vi inúmeros corações quebrados, lástimas e lágrimas. Muitas lágrimas. Talvez seja necessário a dor, me disseram que ela ensina a segurar a barra mais tarde. O problema é que eu não quero pensar no 'mais tarde'. A agonia acaba com a minha felicidade e tá difícil continuar assim. Tem dias que eu sento, com a cabeça nas mãos e choro, até desidratar... Depois me levanto, como se nada tivesse acontecido e recomeço o que eu estava fazendo. Em tempos recentes, tenho me sentido seca, cínica e fria. Tudo isso por sua culpa. Já decidi parar de procurar em outros olhares o único do qual sinto falta e em outros sorrisos o único que me encanta. Pensei em esquecer o que sinto por você. Mas eu vou terminar esse pote de sorvete primeiro, depois penso melhor nisso.

Ao som de Please Don't Leave Me - Pink ;
Lyah.

1 de out de 2009

Fugir ;

Às vezes tenho vontade de desaparecer. Ir embora, jogar tudo pro alto e não ligar. Deixar todos para trás e recomeçar minha vida. Correr para bem longe, onde seja impossível me encontrar. Confesso, que é um dos meus maiores sonhos. Sumir, para que você note minha ausência. Não deixar nenhum bilhete, andar por aí sozinha, sem compromissos, sem preocupar com a rotina, sem preocupar em voltar. Ser feliz com meus sentimentos vazios, e só me lembrar de como era bom te amar. Perceber com o tempo, que sem seu sorriso não consigo viver. E esperar que você sinta o mesmo. Olhar para a lua, e lembrar de tudo que conversamos. Perder o sono, sob o brilho das estrelas, ao lembrar que eu não irei mais voltar, e sentir a saudade me esmagar. Tenho só que me lembrar, que nas ruas não posso andar, porque em todas as esquinas vejo seu olhar.

Ao som de All I Wanted - Paramore ;
Lyah.

28 de set de 2009

Mais pura incerteza ;

Me explica por que eu me sinto tão bem falando com você. Eu preciso saber. Isso não é bom pra mim, e com certeza não será bom pra nós. Com algumas palavras, consegue transformar meu humor, de um jeito tão incrível que ninguém mais consegue. Ninguém mais tenta. Por alguns minutos de conversa, você já me conhece de um jeito tão completo que me assusta. Não sei se consigo me manter calma, quando na minha frente, vejo a minha sina. A razão por tudo isso é você. Não quero aceitar isso. Quero fugir, correr pra longe e me esconder, como a boa criança que eu sou obrigada a guardar dentro de mim. Me transformo na sua companhia, isso está me fazendo bem. Mas... e o medo ? Não tenho respostas pra isso.

Ao som de Supermassive Black Hole - Muse ;
Beijos Mil, pessoas :*
Lyah.

21 de set de 2009

Fé é acreditar sem ter provas ;

A fé é a removedora de todas as incertezas. Quando não se tem mais justificativas, diz-se "ainda tenho fé...". É a única coisa que nos serve de razão e base, quando a emoção já está dominada. Por tudo que eu tenho passado, todas as inseguranças, acredito que tem sempre um motivo por trás disso. Ninguém sofre em vão. A dor não te consome sem o devido merecimento. Todo merecem o que recebe. Muita gente fala "eu não merecia isso!" Sim, você merecia. Independente se o que aconteceu foi bom ou ruim, você mereceu.
Creio que o que aconteceu comigo, foi por pura fraqueza... Por sempre acreditar que seria impossível. Mas "ainda tenho fé... de que tudo vai acabar bem"!

Aom som de Here We Go Again - Paramore ;
Beijos Mil, pessoas :*
Lyah.